Quem sou eu

Minha foto
Belford Roxo, Rio de Janeiro, Brazil
Gosto de conversar sobre vários assuntos, mas tenho minhas opiniões, sempre respeitando a dos outros. Criei esse blog para falarmos de assuntos do nosso dia a dia, coisas que vemos nas ruas, jornais, internet e ouvimos por ai. Seja bem vindo, comente, deixe sua opinião, mas com muito respeito. Um abraço. Aviso: Esse blog não tem nenhum vínculo político, não fui, não sou e jamais serei candidato a qualquer cargo.

quinta-feira, 30 de junho de 2011

KIT DO BRASILEIRO

*Vai transar?* 
O governo dá camisinha.


*Já transou?* 
O governo dá a pílula do dia seguinte.

 

*Teve filho?* 
O governo dá o Bolsa Família.

 
*Tá desempregado?*
O governo dá Bolsa Desemprego.


*Vai prestar vestibular?* 
O governo dá o Bolsa Cota.


*Não tem terra?* 
O governo dá o Bolsa Invasão e ainda te aposenta.

 
*RESOLVEU VIRAR BANDIDO E FOI PRESO?*
a partir de 1º/1/2011 O GOVERNO DÁ O AUXÍLIO RECLUSÃO?

*esse é novo* 
 Todo presidiário com filhos tem direito a uma bolsa que, é de R$798,30 "por filho" para sustentar a família, já que o coitadinho não pode trabalhar para sustentar os filhos por estar preso. 
 
Não acredita?

Auxílio-reclusão
O auxílio-reclusão é um benefício devido aos dependentes do segurado recolhido à prisão, durante o período em que estiver preso sob regime fechado ou semi-aberto. Não cabe concessão de auxílio-reclusão aos dependentes do segurado que estiver em livramento condicional ou cumprindo pena em regime aberto.
 
Para a concessão do benefício, é necessário o cumprimento dos seguintes requisitos:

- o segurado que tiver sido preso não poderá estar recebendo salário da empresa na qual trabalhava, nem estar em gozo de auxílio-doença, aposentadoria ou abono de permanência em serviço;
- a reclusão deverá ter ocorrido no prazo de manutenção da qualidade de segurado;
- o último salário-de-contribuição do segurado (vigente na data do recolhimento à prisão ou na data do afastamento do trabalho ou cessação das contribuições), tomado em seu valor mensal, deverá ser igual ou inferior aos seguintes valores, independentemente da quantidade de contratos e de atividades exercidas, considerando-se o mês a que se refere:
PERÍODO SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO TOMADO EM SEU VALOR MENSAL
A partir de 1º/1/2011 R$ 862,11 – Portaria nº 568, de 31/12/2010
A partir de 1º/1/2010 R$ 810,18 – Portaria nº 333, de 29/6/2010
A partir de 1º/1/2010 R$ 798,30 – Portaria nº 350, de 30/12/2009
De 1º/2/2009 a 31/12/2009 R$ 752,12 – Portaria nº 48, de 12/2/2009
De 1º/3/2008 a 31/1/2009 R$ 710,08 – Portaria nº 77, de 11/3/2008
De 1º/4/2007 a 29/2/2008 R$ 676,27 - Portaria nº 142, de 11/4/2007
De 1º/4/2006 a 31/3/2007 R$ 654,61 - Portaria nº 119, de 18/4/2006
De 1º/5/2005 a 31/3/2006 R$ 623,44 - Portaria nº 822, de 11/5/2005
De 1º/5/2004 a 30/4/2005 R$ 586,19 - Portaria nº 479, de 7/5/2004
De 1º/6/2003 a 31/4/2004 R$ 560,81 - Portaria nº 727, de 30/5/2003


Equipara-se à condição de recolhido à prisão a situação do segurado com idade entre 16 e  18 anos que tenha sido internado em estabelecimento educacional ou congênere, sob custódia do Juizado de Infância e da Juventude.
Após a concessão do benefício, os dependentes devem apresentar à Previdência Social, de três em três meses, atestado de que o trabalhador continua preso, emitido por autoridade competente, sob pena de suspensão do benefício. Esse documento será o atestado de recolhimento do segurado à prisão .

O auxílio reclusão deixará de ser pago, dentre outros motivos:

- com a morte do segurado e, nesse caso, o auxílio-reclusão será convertido em pensão por morte;
- em caso de fuga, liberdade condicional, transferência para prisão albergue ou cumprimento da pena em regime aberto;
- se o segurado passar a receber aposentadoria ou auxílio-doença (os dependentes e o segurado poderão optar pelo benefício mais vantajoso, mediante declaração escrita de ambas as partes);
- ao dependente que perder a qualidade (ex.: filho ou irmão que se emancipar ou completar 21 anos de idade, salvo se inválido; cessação da invalidez, no caso de dependente inválido, etc);
- com o fim da invalidez ou morte do dependente.

Caso o segurado recluso exerça atividade remunerada como contribuinte individual ou facultativo, tal fato não impedirá o recebimento de auxílio-reclusão por seus dependentes.


*Mas experimenta estudar e andar na linha pra ver o que é que te acontece!*


"Trabalhe duro, pois milhões de pessoas que vivem do Fome-Zero e do Bolsa-Família,  sem trabalhar, dependem de você"


quarta-feira, 22 de junho de 2011

O Brasil do futuro?

Até quando "crianças" e "adolescentes" vão matar e continuar impunes? 
Se julgam senhores de si, dirigem, bebem, se drogam, votam e geram filhos, mas na hora de pagar por seus crimes cumprem medidas socioeducativas.
Esse é o Brasil.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Garis de B. Roxo estão passando fome

Com todo respeito aos garis, uma classe que considero essencial p/ o
bem estar da população, mas só assim para explicar o porquê deles
pedirem dinheiro todos os dias a população.
Não aguento mais, toda
3ª, 5ª e Sábado sou abordado por garis que pedem dinheiro aos moradores,
eles chegam a observar se você está com sacolas de compra para pedir
dinheiro, parecem que estão passando fome.
Alguém ai sabe quanto
ganha um gari? Deve ser um salário miserável, imagino que deva ser uns
R$ 75,00 por mês, pessoas que ganham isso são considerados abaixo da
linha de pobreza, ou seja, miseráveis.
Com todo respeito à classe,
mas nem minha esposa ganha dinheiro meu todos os dias, e olha que ela
merece porque me aturar de Domingo a Domingo não é mole.
Não tenho nada contra os garis, mas gostaria de um pouco mais de respeito.
vou começar a postar aqui a placa e o nº de ordem dos carros.
o de hoje tinha o  Nº de ordem 34, a placa eu /n consegui ver.
" e ai sangue bom, vai deixar o do refri hj!?"


sábado, 4 de junho de 2011

SOS Bombeiros, SOS Brasil.

É muito fácil chamar o bombeiro de vagabundo, principalmente quando não enfrentamos o que eles enfrentam. Vagabundo são os politicos que comem e dormem as custas da população.
Politicos brasileiros, cambada de FILHOS da P..., ladrões, safados.
Até quando nós vamos aturar esses vagabundos sem falar nada!?
100 mil na marcha p/ Jesus, 20 mil p/ ver um jogo, outros tantos mil p/ qualquer coisa que os divirta, mas ninguém se une p/ derrubar esses canalhas que governam o Pais, os Estados e Municipios.
Saúde 0%
Segurança 0%
Educação 0%
Superfaturamento em obras 100%
Carros novos 100%
Roubo do dinheiro público 100%
O povo tem o que merece, afinal foram vcs quem escolheram esses vagabundos.
#acordabrasil

Arquivo do blog